Portuguese Afrikaans Arabic Chinese (Traditional) Dutch English Filipino French German Hindi Hungarian Indonesian Italian Japanese Korean Malay Polish Russian Spanish Swedish Thai Vietnamese

JAPAN FLAGCHINA FLAG

Estação Espacial Chinesa Tiangong-1 - Perigo real

Problemas ambientais  no Mundo & Estação Espacial Chinesa Tiangong-1 

Tiangong 116

Águas de Lindóia ,  10  de  março  de 2018

Solicito a atenção de V. Exa.  para o assunto que passo a expor: Não gostaria muito  de importuná-lo ,   ou colocar  assuntos  através de sua autoridade , que não fosse de supra importância   para seu  país, no sentido  de contar também com a participação de seu país , a mensagem ainda reconhece os avanços alcançados nas últimas duas décadas com relação à conservação da fauna e flora, mas alerta para “o precário estado atual da biodiversidade, que pede mais do que nunca ações urgentes e imediatas”, reforçando a necessidade do assunto ser integrado a todos os debates no Mundo .

“Até agora, estamos satisfeitos com a forma com que os países têm incorporado a questão da biodiversidade nos resultados de envio de nossas missivas a líderes mundiais , mas estamos conscientes de que o maior desafio é a implantação na prática , ainda  está  muito subjuntivo.” E abaixo colocamos uma situação de perigo, talvez, já sabido por V. Exa.  , mas precisamos de prevenção e todas Empresas aéreas , Embarcações , cidadãos ( cidadãs ) deveriam saber de tudo.

A estação espacial Tiangong-1, está caindo ; devemos ficar em alerta !

Um “Palácio Celeste”, a estação espacial Tiangong-1, a primeira construída e lançada ao espaço pela China em 2011 , cairá sob a Terra nas próximas semanas. O local e o momento exato da queda não pode ser previsto, mas, segundo estimativas dos presságios , a espaçonave irá fazer a reentrada na atmosfera possivelmente na primeira semana de abril, com margem de erro de uma semana para mais ou para menos. Para a Agência Espacial Europeia, a queda da Tiangong-1 acontecerá entre 25 de março e 19 de abril de 2018 . Com um nível de perigo para cidades , aeronaves - algo que deveria ser publicado pelo governo Chinês .

Lançada em 2011, a Tiangong-1 deveria ter sido derrubada de forma segura em 2013, mas continuou em operação até março de 2016, quando a agência espacial chinesa perdeu o controle da espaçonave. Desde então, ela orbita o planeta descontrolada, se aproximando cada vez mais, atraída pelas forças gravitacionais.

Com quase 11 metros de comprimento e quase quatro metros de diâmetro, a estação espacial pesa cerca de 9.0 toneladas. Ela fez história por mostrar ao mundo o potencial da China no setor aeroespacial. Fora do programa da Estação Espacial Internacional, o país resolveu lançar projeto solo. Com espaço habitável de 15 metros cúbicos, a Tiangong-1 recebeu dias missões tripuladas, incluindo as duas primeiras astronautas chinesas, Liu Yang e Wang Yaping. A estação foi substituída pela Tiangong-2, com maior capacidade, lançada em setembro de 2016.

De acordo com os presságios ,, existem chances de que “pequenas quantidades de destroços da Tiangong-1 sobrevivam à reentrada e caiam no solo , podendo atingir aeronaves , ou áreas habitadas . Se isso acontecer, as peças devem cair espalhadas numa área de alguns quilômetros de diâmetro com centro no percurso da aeronave. As zonas que têm maior probabilidade   são : o norte da China, o Médio Oriente, o centro da Itália, o norte da Espanha, os estados do norte dos EUA, a Nova Zelândia, a Tasmânia, a América do Sul:: Brasil, Argentina , Uruguai, Chile , Paraguai e Bolívia e sul da África.

“Quando considerado o pior caso, a probabilidade de uma pessoa específica (isto é, você) ser atingida por destroços da Tiangong-1 é cerca de um milhão de vezes menor que as chances de ganhar sozinho da loteria”, No entanto, de acertar uma aeronave , pode ser bem maior as chances . Embora, na história dos voos espaciais, nenhuma pessoa foi ainda ferida por destroços de reentradas. Apenas uma pessoa foi atingida por uma peça e, felizmente, não se feriu”. Mas, não quer dizer que não seja pior em voos , embarcações , área habitada, como sabemos temos muitos casos de desaparecimentos de embarcações, aeronaves, sem qualquer explicação.

Jucelino Luz explica que quedas de detritos espaciais são relativamente comuns. Em janeiro, fragmentos de um foguete com tamanho similar ao da Tiangong-1 caíram no Peru.

"A cada dois dias algo assim acontece, mas a Tiangong-1 é grande e pesada, então precisamos observar com mais atenção e enviar avisos para aeronaves e embarcações nas áreas de risco. Ou seja, o mundo precisa saber e suas autoridades também.

Nos últimos meses, a queda da Tiangong-1 tem se acelerado. Agora, ela se aproxima da nossa atmosfera a cerca de 6 quilômetros por semana, contra 1,4 quilômetros em outubro de 2017 . Por isso é difícil saber exatamente onde e quando a espaçonave irá cair, já que sua velocidade é variável. ( mas sabemos que o período será entre 25 de Março   de 2018 à   19 de Abril de 2018 .

Jucelino Luz afirma que algumas peças irão sobreviver à reentrada. Mas nós só vamos saber onde elas vão cair após o fato. Esse é o maior problema e devemos estar atentos , se cair em área habitada, embarcações ou em uma aeronave ; por mais remoto que sejam , sabemos que causará um grande acidente .

No mundo das autoridades mundiais , quase sempre , não se investem em prevenções , esperamos que possam tomar medidas cabíveis para evitar o pior .

Finalmente, "a bordo da nave espacial pode haver uma sustância altamente tóxica e corrosiva, a hidrazina, supostamente capaz de sobreviver à reentrada". Portanto, recomenda –se não tocar nos detritos e não respirar os vapores que se podem desprender.. Essa é uma situação , quase impossível, pois, poderá cair em lugares ermos e mais no futuro alguém sem querer, poderá tocá-los .

Finalmente,  esse grande problema da Estação Tiangong-1 , bem como também a mudanças climáticas vão  assombrar  a todos países  durante a noite. Essa é a conclusão da falta de atenção  por  parte de autoridades mundiais , e como o aumento na temperatura média da Terra previsto pode piorar ainda mais o seu descanso, portanto, V. Exa. ,essa é uma das minhas preocupações, que é sim   " objetiva  e   correta  "  para seu ( nosso )  país  e para todos os que vivem juntos nessa espaçonave  -" Não  se tem outro lugar ainda  para viver  "  temos  que abandonar esse nosso orgulho, ego,  poder   e começarmos a ser humilde  em reconhecer  que não estamos  fazendo nada para  melhorar  a nossa vida nesse maravilhoso planeta .  É  o único objetivo  da transmissão das cartas e nada mais.

Essa é  a única  informação objetiva que gostaria  que transmitisse, se assim, o quiser, para as autoridades competentes de seu país .Agradecendo antecipadamente a atenção de V. Exa., apresento os meus melhores cumprimentos,

Que  Deus  te abençoe

Atenciosamente,

Professor Jucelino  Nobrega da Luz