ptafarzh-TWnlentlfrdehihuiditjakomsplruessvthvi

JAPAN FLAGCHINA FLAG

Vacina da gripe já  existente, foi  aperfeiçoada para  Covid19

Vacina da gripe já  existente, foi  aperfeiçoada para  Covid19

 Poderá  causar  diversas reações , segundo  sonhos  premonitórios 

A vacina  da  gripe  já  existente , foi aperfeiçoada para o Covid19 , segundo, as   visões espirituais , ou seja, significa que estará tomando a mesma vacina já existente       (aperfeiçoada) Um dos motivos , que está sendo  elaborada  e  testada  mais  rapidamente  .

As vacinas são trivalentes, ou seja, imunizam contra três tipos de vírus diferentes. A composição da vacina é recomendada anualmente pela OMS,(mentor  da ideia com  a China )    com base nas informações recebidas  através  dos sonhos  premonitórios ,sobretudo, em  todo o mundo sobre a prevalência das cepas circulantes. Dessa forma, a cada ano a vacina  muda, para proteger contra os tipos mais comuns de vírus da gripe naquela época.

Existem três tipos de vacinas contra influenza e outra em fase  de teste ,  estão sendo  aperfeiçoadas para  Covid19 :

— vacinas de vírus fracionados;

— vacinas de subunidades;

— vacinas de vírus inteiros.

No Brasil, utilizam-se apenas as vacinas de vírus fracionados ou de subunidades. Infelizmente,   lobistas  da vacinação , estão  tentando mais uma vez, iludir  o povo fragilizado que estarão  totalmente protegidos — sem  os devidos  testes  necessários , estão  querendo vacinar rapidamente as pessoas , no sentido  de emergência  para  favorecer  os compradores  e  negociantes das vacinas ( Governos e  laboratórios ) .

 Já  estão  através  da mídia  conivente, potencializando através de noticiários constantes , que o vírus  mata  -  somente deixam  de explicar a verdade ,pois,   as pessoas que estão  morrendo , são pessoas acometidas  com históricos  de doenças -  nunca  foram educadas  , portanto,  idosos  e  portadores de doenças , devem  se proteger mais , evitar  aglomerações .   Na composição das vacinas entram antibióticos , tais como a neomicina e a polimixina, e o timerosal como conservante. As vacinas contra influenza (  o que  está sendo  aprimorada para  Covid19) têm sido fornecidas em seringas já preparadas com 0,25ml e 0,5ml, bem como em frascos multidoses.

Doenças que a vacina previne

Sintomas da gripe

Os vírus da influenza (  Covid19)  causam doença respiratória aguda, denominada influenza ( corona vírus )  ou gripe, caracterizada clinicamente por febre alta, calafrios, cefaleia, mal estar, mialgia, falta de ar , e tosse seca. Conjuntivite, dor abdominal, náusea e vômitos são frequentes. Em crianças pequenas o quadro clínico pode simular a uma sepse.  O mal estar geral pode persistir por vários dias e até mesmo semanas. Pode ocorrer miosite - inflamações musculares -,falta de ar  com dores musculares e dificuldade de andar.

Entre as complicações que podem ocorrer destacam-se a pneumonia (viral ou bacteriana) e a síndrome de Reye, que se caracteriza pela presença de encefalopatia grave, mais comumente observada em escolares, muitas vezes em associação com o uso de ácido acetilsalicílico (aspirina). As pessoas idosas e aquelas com doenças de base têm maior risco de complicações. Tal o Covid19.

Fatores de risco para complicações

São também especialmente vulneráveis a complicações as pessoas imunocomprometidas, tais como os receptores de transplantes,portadores  de algum tipo de alergia , os recém nascidos internados em UTIs e os pacientes com Aids ou mucoviscidose.

Como funciona o vírus da gripe ou  COVID19

Os vírus da influenza são ortomixovírus, com três tipos antigênicos: A, B e C. O mais importante epidemiologicamente é o tipo A, capaz de provocar pandemias, seguido do tipo B, responsável por surtos localizados. O tipo C está associado com a etiologia de casos isolados ou de pequenos surtos.  Os coronavírus são uma grande família de vírus comuns em muitas espécies diferentes de animais, incluindo camelos, gado, gatos e morcegos. Raramente, os coronavírus que infectam animais podem infectar pessoas, como exemplo do MERS-CoV e SARS-CoV. Recentemente, em dezembro de 2019, houve a transmissão de um novo coronavírus (SARS-CoV-2), o qual foi identificado em Wuhan na China e causou a COVID-19, sendo em seguida disseminada e transmitida pessoa a pessoa.

A COVID-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a maioria (cerca de 80%) dos pacientes com COVID-19 podem ser assintomáticos ou oligossintomáticos (poucos sintomas), e aproximadamente 20% dos casos detectados requer atendimento hospitalar por apresentarem dificuldade respiratória, dos quais aproximadamente 5% podem necessitar de suporte ventilatório.

Com intervalos variáveis, aparecem subtipos totalmente novos (por exemplo, mudança de H1 para H2), o que se denomina mudança antigênica maior, responsável por pandemias; mudanças antigênicas menores, dentro de cada subtipo, associam-se com a ocorrência de epidemias anuais ou surtos regionais.  Os vírus da influenza A são subclassificados com base nas características de dois antígenos, a hemaglutinina (H) e a neuraminidase (N), havendo três subtipos de hemaglutininas (H1, H2 e H3) e duas neuraminidases (N1 e N2). A imunidade a estes antígenos - especialmente à hemaglutinina - reduz a probabilidade de infecção e diminui a gravidade da doença quando esta ocorre. A infecção contra um subtipo confere pouca ou nenhuma proteção contra os outros subtipos.

As  pessoas  vão  viver  dependentes  da vacina  tal como  o que  acontece no caso da gripe , será  que eles querem isso ?

Em 2019, a campanha de vacinação contra a influenza para o grupo prioritário ocorreu entre os dias 10 de abril e 31 de maio, em que quase 80% do público-alvo foi alcançado, o que representa 47,5 milhões de pessoas. A partir do dia 3 de junho, a vacina foi liberada para o resto da população enquanto os estoques durarem.

A vacina produzida em 2019 sofreu algumas mudanças em duas das três cepas que constituem a vacina e que protegem contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circulam no Hemisfério Sul, de acordo com a determinação da mentora a Organização Mundial de Saúde (OMS): A/Michigan/45/2015 (H1N1) pdm09; A/Switzerland/8060/2017 (H3N2); B/Colorado/06/2017 (linhagem B/Victoria/2/87),

Gripe H1N1

O vírus da Gripe H1N1, o Influenza A, continua a ser o subtipo mais presente no Brasil, e ainda causa mortes. Em 2019, foram 2,5 mil casos e 572 óbitos por esta causa. Ao todo, até início de agosto de 2019, foram registrados 29 mil casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 3 mil óbitos em decorrência da síndrome. A região Sudeste foi a que mais registrou casos de SRAG por influenza totalizando 1,9 mil.

COVID19

Agora  é a vez  do Covid19 ,  a vacinação  , ou seja , a corrida  da implementação  da vacinação no mundo  e  mais  uma vez  , todos  anos seremos  vítimas da  Organização dos  Governantes  com OMS , que  a cada  ano  estão  causando pânico, medo ,na população  desinformada  , para inclusão  de mais vacinas anuais .

Como a taxa de mutação do vírus influenza e coronavirus  é alta.

O grande negócio do Século  para  lobistas  da saúde ...

O que  precisamos  criar agora é uma vacina  para imunizar  o ego, o poder , a ganância  por dinheiro  dos  lobistas  existentes no mundo .

Lembre-se  de algo,  temos mais de um milhão  de mortes  por tuberculose , Ebola ; fome , falta de informação mata,   assassinatos no Brasil e no mundo ,  pobreza  , fome   mata  muito mais , não apareceu nenhum  desses lobistas  , no sentido de   criar uma vacina  contra  todos esses  males no mundo.

Dependentes todos nós somos. Ao respirar pela primeira vez, quando nasce, o ser humano torna-se dependente de oxigênio. Sem ele, seria impossível viabilizar diversas reações químicas no organismo  e colocar o cérebro em atividade. Somos dependentes de água, de comida, de afeto. E também do prazer, uma sensação essencial para a preservação do indivíduo e da espécie.

Será  que vamos ter que viver dependentes de laboratórios e  governantes com seus  mirabolantes  utópicos de proteção pública  ,com  essas vacinas  no mundo ?  - No propósito  apenas de  enriquecimento  na custa da desgraça de inocentes  e leigos  . Ou será  que um dia  nossa  fé  , poderá  nos transformas e não sermos mais dependentes do medo  e  pavor  de morrer ?  -  Essa não  sereia  talvez,  a formula de sermos  mais felizes  e livres  !

Finalmente, um conselho para sua libertação , não assista, não leia , não  ouça  mais  órgãos  de Comunicação que  apoiam  Covid19 , não  compre produtos cujo patrocinam  esse tipo de propaganda e ,  muito  cuidado com orientações  de órgãos  envolvidos nesse grande  esquema mundial . Há vários indícios e desconfianças em tudo que vem sendo apresentado  e  falado . Muitos deles  vão chorar , usar máscara , usar  vítimas fatais à frente  de uma câmera  para  criar comoção mundial  e te enganar mais uma vez   !   Por trás  vão  rir  de vocês !

Fonte IgMail Saúde :  https://saude.ig.com.br/2020-12-16/vacina-da-pfizer-causa-reacao-alergica-grave-nos-eua.html

Deus  abençoe  a todos !

Por Jucelino Luz  -Orientador espiritual  e  pesquisador

 

The existing flu vaccine has been perfected for Covid19

The existing flu vaccine has been perfected for Covid19, second, spiritual views, that is, it means that you will be taking the same existing vaccine (improved) One of the reasons, which is being developed and tested more quickly.
Vaccines are trivalent, that is, they immunize against three different types of viruses. The composition of the vaccine is recommended annually by the WHO, (mentor of the idea with China) based on the information received through the premonitory dreams, mainly, all over the world about the prevalence of circulating strains. Thus, each year the vaccine changes, to protect against the most common types of influenza viruses at that time.
There are three types of vaccines against influenza and another one in the testing phase, being improved for Covid19:

  • fractionated virus vaccines;
  • subunit vaccines;
  • whole virus vaccines.
    In Brazil, only fractional or subunit virus vaccines are used. Unfortunately, vaccination lobbyists are trying once again to deceive the fragile people who will be fully protected - without the necessary tests, they are wanting to vaccinate people quickly, in the sense of emergency to favor vaccine buyers and dealers (Governments and laboratories ).

They are already through the conniving media, leveraging through constant news, that the virus kills - they just fail to explain the truth, because people who are dying are people affected with a history of diseases - they were never educated, therefore, the elderly and people diseases, they must protect themselves more, avoid agglomerations. The composition of vaccines includes antibiotics, such as neomycin and polymyxin, and thimerosal as a preservative. Vaccines against influenza (which is being improved for Covid19) have been supplied in syringes already prepared with 0.25ml and 0.5ml, as well as in multi-dose vials.

Diseases that the vaccine prevents
Flu symptoms
Influenza viruses (Covid19) cause acute respiratory disease, called influenza (coronavirus) or influenza, characterized clinically by high fever, chills, headache, malaise, myalgia, shortness of breath, and dry cough. Conjunctivitis, abdominal pain, nausea, and vomiting are common. In young children, the clinical picture can simulate sepsis. General malaise can persist for several days and even weeks. Myositis - muscle inflammation - may occur, shortness of breath with muscle pain and difficulty walking.
Among the complications that can occur are pneumonia (viral or bacterial) and Reye's syndrome, which is characterized by the presence of severe encephalopathy, most commonly seen in schoolchildren, often in association with the use of acetylsalicylic acid (aspirin). Elderly people and those with underlying diseases are at increased risk of complications. Such as Covid19.
Risk factors for complications
Immunocompromised people, such as transplant recipients, carriers of any type of allergy, newborns admitted to the ICU, and patients with AIDS or mucoviscidosis, are also especially vulnerable to complications.

How the flu virus or COVID19 works
Influenza viruses are orthomyxoviruses, with three antigenic types: A, B and C. The most important epidemiologically is type A, capable of causing pandemics, followed by type B, responsible for localized outbreaks. Type C is associated with the etiology of isolated cases or small outbreaks. Coronaviruses are a large family of viruses common in many different species of animals, including camels, cattle, cats, and bats. Rarely, coronaviruses that infect animals can infect people, such as MERS-CoV and SARS-CoV. Recently, in December 2019, a new coronavirus (SARS-CoV-2) was transmitted, which was identified in Wuhan in China and caused COVID-19, which was then disseminated and transmitted person to person.
COVID-19 is a disease caused by the coronavirus, called SARS-CoV-2, which has a clinical spectrum ranging from asymptomatic infections to severe conditions. According to the World Health Organization, the majority (about 80%) of patients with COVID-19 can be asymptomatic or oligosymptomatic (few symptoms), and approximately 20% of the detected cases require hospital care because they have difficulty breathing, of which approximately 5% may need ventilatory support.
With variable intervals, totally new subtypes appear (for example, change from H1 to H2), which is called a major antigenic change, responsible for pandemics; minor antigenic changes within each subtype are associated with the occurrence of annual epidemics or regional outbreaks. Influenza A viruses are subclassified based on the characteristics of two antigens, hemagglutinin (H) and neuraminidase (N), with three hemagglutinin subtypes (H1, H2, and H3) and two neuraminidases (N1 and N2). Immunity to these antigens - especially hemagglutinin - reduces the likelihood of infection and decreases the severity of the disease when it occurs. Infection against one subtype provides little or no protection against the other subtypes.

People will live dependent on the vaccine just like what happens with the flu, do they want it?
In 2019, the influenza vaccination campaign for the priority group took place between April 10 and May 31, in which almost 80% of the target audience was reached, represents 47.5 million people. As of June 3, the vaccine was released to the rest of the population as long as stocks last.
The vaccine produced in 2019 has undergone some changes in two of the three strains that make up the vaccine and that protect against the three flu virus subtypes that most circulate in the Southern Hemisphere, according to the mentor's determination the World Health Organization (WHO): A / Michigan / 45/2015 (H1N1) pdm09; A / Switzerland / 8060/2017 (H3N2); B / Colorado / 06/2017 (line B / Victoria / 2/87),


The H1N1 influenza virus, Influenza A, remains the most common subtype in Brazil and still causes deaths. In 2019, there were 2,500 cases and 572 deaths from this cause. Altogether, until the beginning of August 2019, there were 29 thousand cases of Severe Acute Respiratory Syndrome (SARS) and 3 thousand deaths due to the syndrome. The Southeast region was the one that registered the most cases of SARS due to influenza, totaling 1.9 thousand.

COVID-19
Now it is Covid19's turn, vaccination, that is, the race for the implementation of vaccination in the world and once again, every year we will be victims of the Organization of Governors with WHO, which every year are causing panic, fear, in the uninformed population, for the inclusion of more annual vaccines.
As the mutation rate of influenza and coronavirus is high.

The big deal of the century for health lobbyists …

What we need to create now is a vaccine to immunize the ego, the power, the greed for money of the lobbyists in the world.
Remember, we have over a million tuberculosis deaths, Ebola; hunger, lack of information kills, murders in Brazil and in the world, poverty, hunger kills much more, none of these lobbyists appeared, in the sense of creating a vaccine against all these evils in the world.
Dependents we all are. When breathing for the first time, when born, the human being becomes dependent on oxygen. Without it, it would be impossible to enable various chemical reactions in the body and get the brain going. We are dependent on water, food, affection. And also of pleasure, an essential sensation for the preservation of the individual and the species.
Are we going to have to live dependent on laboratories and government officials with their utopian public protection mirabolists, with these vaccines in the world? - For the sole purpose of enrichment at the expense of the misfortune of innocents and laypeople. Or is it that one day our faith may change us and we will no longer be dependent on fear and dread of dying? - This may not be a mermaid, the formula for us to be happier and freer!
Finally, advice for your release, do not watch, do not read, do not listen to any more media outlets that support Covid19, do not buy products that sponsor this type of advertising and, be very careful with guidelines from agencies involved in this great world scheme. There are several indications and suspicions in everything that has been presented and spoken. Many of them will cry, wear a mask, use fatal victims in front of a camera to create worldwide commotion, and deceive you once again! Behind you, they will laugh at you!

Source -    IgMail Saúde :  https://saude.ig.com.br/2020-12-16/vacina-da-pfizer-causa-reacao-alergica-grave-nos-eua.html


God bless you all!


By Jucelino Luz -Spiritual advisor and researcher